quarta-feira , 23 de outubro de 2019
Novidades
Home / Notícias / Brasil / Caixas-pretas de avião da Chapecoense são encontradas. Equipes resgatam 71 corpos
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Caixas-pretas de avião da Chapecoense são encontradas. Equipes resgatam 71 corpos

A aeronáutica Civil colombiana, que vai investigar as causas do acidente com o avião da Chapecoense no país, já está com as duas caixas-pretas da aeronave – onde ficam registrados os dados do voo. A informação foi confirmada ao G1 pelo chefe de comunicação do órgão de governo, Uriel Bedoya, que visitou o local da queda, perto de Medellín. Autoridades colombianas resgataram, nesta terça-feira (29), 71 corpos de pessoas que morreram durante a queda de um avião na cidade de La Unión, a 60 km de Medellín, na Colômbia. Entre as vítimas, estavam vários jornalistas brasileiros e a delegação da Chapecoense. O time disputaria nesta quarta (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Sobreviveram os jogadores Alan Ruschel, Jackson Ragnar Follmann e Hélio Hermito Zampier Neto e o jornalista Rafael Henzel Valmorbida, além dos integrantes da tripulação Ximena Suárez e Erwin Tumiri.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.

Um Comentário

  1. Só estou escrevendo para parabenizar esta matéria, muito boa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *