quarta-feira , 19 de fevereiro de 2020
Novidades
Home / Notícias / Esportes / Com vacilos defensivos, Vitória conhece primeira derrota no Brasileirão, contra o Atlético-MG
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Com vacilos defensivos, Vitória conhece primeira derrota no Brasileirão, contra o Atlético-MG

O Vitória conheceu a primeira derrota no Campeonato Brasileiro da Série “A” de 2018. O rubro-negro perdeu para o Atlético-MG pelo placar de 2 a 1, em jogo ona Arena Independência, no domingo, partida válida pela segunda rodada da competição nacional. Já o Galo, após perder na estreia, para o Vasco, conquistou o primeiro triunfo na competição. Na primeira etapa, larga vantagem do Atlético, que abriu o placar com Ricardo Oliveira. No segundo tempo, reação do Vitória e resposta do Galo. Para acabar com a dúvida de quem levava a melhor, Roger Guedes tratou de fazer o segundo gol atleticano. Gabriel ainda marcou contra e diminuiu para o Vitória. Fora as bolas na rede, a partida teve belas jogadas de Neilton, boa parceria entre Ricardo Oliveira e Roger Guedes e destaque para Otero e Gustavo Blanco.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.