quinta-feira , 4 de junho de 2020
Novidades
Home / Notícias / Brasil / Desemprego ampliado no Brasil é de 21,2%, quase o dobro da taxa oficial
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Desemprego ampliado no Brasil é de 21,2%, quase o dobro da taxa oficial

A deterioração do mercado de trabalho no Brasil é muito mais profunda do que indicam as pesquisas tradicionais. De acordo com estudo comparativo do banco Credit Suisse, o Brasil está entre os recordistas globais, do chamado, desemprego ampliado. O levantamento indica que o Brasil tem a sexta maior taxa de desemprego ampliado entre 31 países desenvolvidos e emergentes que foram avaliados.

A taxa de desemprego ampliada do Brasil bateu em 21,2% – quase o dobro do desemprego oficial, que nesse período alcançou 11,8%. Por esse critério, perto de 23 milhões de brasileiros estariam desempregados ou subutilizados.

Numa comparação internacional, a taxa de desemprego ampliado do Brasil está bem acima da média dos países analisados, que é de 16,1%, atrás apenas de países profundamente afetados pela crise: Grécia (o recordista, com 31,2% de desemprego ampliado), Espanha (29,75%), Itália (24,6%), Croácia (24,6%) e Chipre (23,8%).

Sobre Redação MBQ NEWS - RB