segunda-feira , 22 de outubro de 2018
Novidades
Home / Notícias / Entretenimento / Cinema / Documentário apoiado pelo ‘Arte em Toda Parte’ tem pré-estreia nesta terça (15)
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Documentário apoiado pelo ‘Arte em Toda Parte’ tem pré-estreia nesta terça (15)

Com a proposta de apresentar as sonoridades presentes no cotidiano das comunidades quilombolas de Salvador e Região Metropolitana, o documentário “AIUÊ: Escutando o sons dos Quilombos”, tem programação especial gratuita de pré-estreia nesta terça-feira (15), no complexo da Biblioteca Pública dos Barris, nos Barris. Realizado pelo Coletivo Cacos, o projeto foi contemplado pelo edital Arte Todo Dia – Ano III, promovido pela Prefeitura através da Fundação Gregório de Mattos (FGM).
Em Kimbundo, língua da família banta, “AIUÊ” – palavra que dá nome ao filme -, é também uma expressão de espanto, alegria, festa. Assim, partindo de uma abordagem etnográfica, linguística e musicológica, o documentário é uma experiência imersiva que revela as mais diversas expressões sonoras e musicais presentes em comunidades remanescentes de quilombos.
A equipe que produziu o documentário é formada por cineastas negros baianos: Donminique Azevedo (documentarista, jornalista e educadora), Danilo Umbelino (cineasta e diretor de fotografia), Leo Rocha (musicista e cineasta) e Uiran Paranhos (cineasta e técnico de som direto). Além disso, a obra conta com a participação de personalidades importantes do cenário baiano, dentre elas o cantor Lazzo Matumbi, que empresta a voz à trilha e canta a música-tema do filme, e da socióloga e militante do movimento negro na capital, Vilma Reis.
Programação – A programação terá início às 15h, no Espaço Xisto, com uma roda de conversa com lideranças quilombolas, dentre outros representantes da sociedade civil e personalidades da política baiana. A mediação do debate ficará por conta da jornalista Donminique Azevedo, idealizadora do projeto.
A seguir, às 18h, será aberta a exposição fotográfica com mesmo tema do documentário que contará com intervenções artísticas das comunidades tradicionais. Já às 19h, na Sala de Cinema Walter da Silveira, o filme será exibido, encerrando a programação.

Sobre Redação MBQ NEWS - RB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *