quinta-feira , 1 de outubro de 2020
Home / Destaque / Estado Islâmico reivindica atentado terrorista em Barcelona
Foto ilustrativa: Google
Foto ilustrativa: Google

Estado Islâmico reivindica atentado terrorista em Barcelona

O Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta quinta-feira, através da agência Amaq, a autoria do atentado em Barcelona, na avenida La Rambla, calçadão turístico no centro da cidade. Uma van branca avançou sobre a calçada e atropelou vários pedestres. A polícia espanhola trata o episódio como atentado terrorista e ativou o protocolo de segurança para situações deste tipo. Segundo o governo da Catalunha, o atropelamento deixou 13 mortos e ao menos cem feridos (15 deles em estado gravíssimo). Há duas semanas, simpatizantes do grupo extremistas lançaram apelos nas redes sociais para atos na Espanha. De acordo com a especialista em contraterroristmo Rita Katz, do grupo de inteligência Site, apoiadores do Estado Islâmico ameaçaram o país nas redes sociais pedindo por ataques e a reconquista de al-Andalus, nome dado à Península Ibérica no século VIII, durante o domínio do califado Omíada. Apoiadores do EI também celebraram o ataque desta quinta-feira. Às 16h50 da tarde desta quinta-feira, uma van invadiu a calçada de La Rambla e atropelou uma centena de pessoas em 500 metros em alta velocidade. Ao chegar em frente ao Teatro del Liceu, o autor da ataque fugiu do local, e algumas testemunhas alertaram à polícia e aos serviços de emergência dando uma descrição do condutor. O chefe da polícia da Catalunha, Josep Luís Trapero, afirma que o dispositivo antiterrorista foi ativado. Duas pessoas foram detidas, mas nenhuma delas é o motorista do atentado. Um dos presos nasceu na cidade de Melilla e o outro é marroquino. A investigação continua.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.