quinta-feira , 1 de outubro de 2020
Home / Destaque / EUA pedem que Brasil, México, Chile e Peru rompam com a Coreia do Norte
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

EUA pedem que Brasil, México, Chile e Peru rompam com a Coreia do Norte

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, pediu nesta quarta-feira, em Santigo, que Brasil, México, Chile e Peru rompam laços diplomáticos e econômicos com a Coreia do Norte a fim de aumentar o isolamento ao regime de Kim Jong-un. “Esperamos que Brasil, México, Chile e Peru se unam a nós para romper todos os laços econômicos e diplomáticos com a Coreia do Norte e, com esse isolamento, possamos chegar a uma solução pacífica na península coreana sem armas nucleares”, disse Pence durante o encontro com a presidente chilena, Michelle Bachelet. Tradicionalmente, o Brasil aplica sanções econômicas seguindo as resoluções aprovadas pela ONU. O comércio entre países da América Latina e a Coréia do Norte é pouco significativo. As exportações brasileiras para a Coreia do Norte, por exemplo, somaram apenas US$ 2,1 milhões em 2016 – principalmente café, carne, tabaco e couro.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.