quinta-feira , 9 de abril de 2020
Novidades
Home / Notícias / Bahia / Foragido da Justiça é agredido por populares e capturado pela polícia
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Foragido da Justiça é agredido por populares e capturado pela polícia

Um foragido da Justiça foi preso em São João do Cabrito, subúrbio de Salvador, após tentar assaltar uma senhora. Na ação, ele chegou a ser agredido por populares. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Alielson Duarte da silva, 30 anos, já possuía mandado de prisão em aberto desde 2015, por roubo.Segundo o major Ribeiro Paz, comandante da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) do Lobato, Alielson tentou roubar uma mulher, na localidade do Boadeiro, escondendo a mão embaixo da camisa para simular que estava armado. A vítima começou a pedir socorro, e, ao perceberem que o suspeito não estava estava com uma arma, pessoas que estavam próximas começaram a agredi-lo. Com a confusão, uma viatura chegou ao local e policiais detiveram Alielson. Os populares que o agrediram fugiram. O acusado recebeu atendimento médico, e depois foi apresentado na 29ª Delegacia Territorial de Plataforma.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.