quinta-feira , 9 de abril de 2020
Home / Notícias / Bahia / Governo lança programa de unidades básicas de saúde em Salvador
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Governo lança programa de unidades básicas de saúde em Salvador

Governo do Estado lançou no sábado (31), o programa de construção de unidades básicas de saúde (UBS), que deve entregar à Prefeitura Municipal seis UBS, duas policlínicas, dois centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e uma Academia de Saúde. Conforme Rui Costa, a ação visa mudar a realidade da capital baiana, que ocupa “a pior colocação em cobertura de Atenção Básica à saúde entre as capitais brasileiras, com 36% da população assistida”. O investimento será de R$ 50 milhões, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e fazem parte do Programa de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde na Região Metropolitana de Salvador – PROSUS. Conforme o governo, ainda serão construídos três centros de referência estaduais na capital. Um deles irá atender pacientes portadores de feridas de difícil cicatrização, outro para pessoas com anemia falciforme e um terceiro voltado para quem tem hipertensão e aterosclerose sistêmica.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.