terça-feira , 19 de novembro de 2019
Novidades
Home / Destaque / PEC que extingue coligações e cria cláusula de barreira é aprovada em primeiro turno pela Câmara
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

PEC que extingue coligações e cria cláusula de barreira é aprovada em primeiro turno pela Câmara

O texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que extingue as coligações partidárias e cria uma cláusula de barreira para reduzir o número de partidos no Brasil foi aprovado em primeiro turno, nesta terça-feira (5), na Câmara dos Deputados. O projeto foi aprovado por 384 votos a 16. Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, eram necessários os votos de no mínimo 308 dos 513 deputados. Os deputados ainda precisam votar os destaques, que são as sugestões de mudanças ao texto original, para que a análise da PEC seja concluída. De acordo com o presidente em exercício da Câmara, André Fufuca (PP-MA), a votação dos destaques acontecerá na próxima semana. Para que a proposta chegue até o Senado, ainda é necessário que seja aprovada em segundo turno na Câmara e analisada também em mais dois turnos pelos senadores.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *