segunda-feira , 21 de outubro de 2019
Novidades
Home / Notícias / Bahia / Prefeitura abre sindicância para apurar morte de criança
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Prefeitura abre sindicância para apurar morte de criança

A Prefeitura de Lauro de Freitas instaurou sindicância para apurar as circunstâncias da morte da paciente Lara Ferreira, ocorrida na última sexta-feira (25), no Pronto Atendimento Nelson Barros, Centro. O relatório médico de atendimento indica que a criança apresentou quadro de broncoaspiração com posterior parada cardiorrespiratória.

Para a sindicância em curso na Secretaria Municipal de Saúde foi nomeada uma Comissão e convidados o Ministério Público e o Conselho Municipal de Saúde para acompanharem o processo.

A Comissão, seguindo procedimento padrão para casos como esse, vai ouvir testemunhas e analisar toda a documentação, incluindo o laudo do IML assim que for concluído. A família da criança, que já recebeu cópia do Prontuário Médico, também será ouvida e terá acesso a todas as informações colhidas no processo.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *