terça-feira , 19 de novembro de 2019
Novidades
Home / Notícias / Secretaria da saúde divulga: 15 mortes por H1N1 na Bahia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Secretaria da saúde divulga: 15 mortes por H1N1 na Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), divulgou nesta quarta-feira (9/5), que subiu para 15 o número de mortes relacionadas à Influenza H1N1. Só em Salvador foram dez o número de óbitos. Os municípios de Camaçari, Lauro de Freitas, Retirolândia, Saúde e Serrinha também registraram óbitos – um em cada cidade. Por meio de nota, o órgão explicou que até o último dia 5 de maio foram notificados 687 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 54 mortes. Dentre esses casos, 116 foram confirmados para Influenza, sendo 100 pelo subtipo A H1N1, com 15 deles evoluindo para óbito.

Em comparação ao mesmo período, em 2017, foram notificados 200 casos de SRAG, com 18 mortes. Dentre eles, 19 foram confirmados para Influenza, sem perdas, sendo dois casos de Influenza A H1N1. A faixa etária de maior ocorrência foi entre os menores de cinco anos e maiores de 60 anos, sendo que 66,6% dos óbitos ocorreram nesse grupo.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *