terça-feira , 19 de novembro de 2019
Novidades
Home / Destaque / Senadora quer mudar Constituição para evitar que ministros retornem ao Congresso para votações
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Senadora quer mudar Constituição para evitar que ministros retornem ao Congresso para votações

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que tem como objetivo evitar que ministros licenciados do mandato parlamentar retornem ao Congresso somente para votar projetos de interesse deles ou do governo. Pela proposta, ao ser exonerado da função no Poder Executivo e retornar ao Congresso, o parlamentar será obrigado a exercer o mandato por pelo menos 120 dias (4 meses). A proposta de Simone Tebet foi encaminhada na quinta-feira (30) à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Para a regra entrar em vigor, a CCJ e os plenários do Senado e da Câmara terão de aprovar a PEC.

Sobre Móises Bisesti

Móises Bisesti
Apresentador do programa de rádio “Força do Povo”, MOISÉS BISESTI dirigi a equipe de jornalismo da Rádio Cruzeiro, que tem audiência em 75% dos municípios da Bahia. Formado em Economia pela UCSAL, em Direito pela Faculdade do Nordeste e em Rádio e Televisão pela Gama Filho, atua há vinte e cinco anos na área de comunicação social sempre em contato direto com o público e autoridades políticas, médicas e jurídicas. Iniciou sua carreira como repórter da TV Itapoan/ Rede Record, no Telesportes e Lance livre na área de esportes, além do Balanço Geral programa jornalístico. Na TV Band apresentou o Jogo Aberto, também na linha de jornalismo popular, trabalhando como âncora da Band News FM. Defende a liberdade das ideias, a informação da notícia centrada no fato, na busca da verdade mantendo a objetividade e independência com foco na prestação do serviço público. Com uma linguagem moderna, leve e desenvolta conquista pela clareza e objetividade nas informações sem perder de vista a ética e responsabilidade do comunicador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *