sábado , 20 de janeiro de 2018
Novidades
Home / Notícias / Bahia / Sequestradores são presos no aeroporto de Salvador após receberem dinheiro de resgate
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Sequestradores são presos no aeroporto de Salvador após receberem dinheiro de resgate

Três homens foram presos em flagrante no Aeroporto Internacional de Salvador, na noite da última quarta-feira (10), quando tentava fugir para o Rio de Janeiro, com o dinheiro do resgate entregue de um sequestro que ocorreu na cidade de Catu, localizada a 78 km de Salvador. Marcos Paulo Santana Cardoso de 25 anos, Ednaldo de Jesus Rosário de 29 e Gabriel do Nascimento Santana de 22 anos foram apresentados à imprensa na sexta-feira (12). O delegado Cristiano Mangueira, diretor adjunto do Departamento de Policia do Interior (Depin) contou que o grupo formado por seis pessoas sequestrou um fazendeiro de 49 anos, na zona rural de Catu, no dia 6 de janeiro, e o levaram para o cativeiro em Pojuca, onde a vítima ficou por cinco dias. No primeiro dia do sequestro, ainda de acordo com o delegado, a família procurou a delegacia para informar  que estava sendo extorquida. “Os investigadores da unidade policial passaram a negociar com os criminosos para reduzir o valor da quantia pedida por eles, de um milhão de reais”, contou. Dois dias depois do início do sequestro, equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) foram acionadas e assumiram as negociações. De acordo com o delegado do Draco Paulo Roberto Guimarães, os policiais começaram a realizar o reconhecimento de campo, nos municípios de Catu e Pojuca. Após a vítima ser liberada com o pagamento do resgate, os investigadores realizaram incursões na área onde o resgate foi pago, na BA-099. Parte do dinheiro entregue aos criminosos foi recuperada e será devolvida a família. Um veículo, modelo Astra, também foi apreendido e passa por perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Segundo a Polícia Civil, todos os presos nesta ação possuem passagem pela polícia. Gabriel por tentativa de homicídio a um vereador no interior do estado e tráfico de drogas, Ednaldo por porte ilegal de arma de fogo e Marcos possui um mandado em aberto por roubo no Rio de Janeiro. A polícia ainda trabalha na identificação dos demais comparsas do grupo.

Sobre Redação MBQ NEWS - AB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *