domingo , 21 de outubro de 2018
Novidades
Home / Destaque / Síndrome respiratória aguda grave já matou 18 pessoas na Bahia em 2018
Foto : Divulgação
Foto : Divulgação

Síndrome respiratória aguda grave já matou 18 pessoas na Bahia em 2018

A Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) já matou 18 pessoas na Bahia até o dia 7 de abril. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, 215 casos da doença foram notificados. Dentre esses casos, 43 foram confirmados para influenza, sendo 36 pelo subtipo A H1N1 e desses, quatro foram a óbito. Salvador concentra o maior número de casos da H1N1, 26 notificações. Em Camaçari foram dois casos; Dias D´Ávila, Governador Mangabeira, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Lauro de Freitas, São Miguel das Matas e Ubatã com um caso cada cidade. Lauro de Freitas registou uma morte e Salvador três. No dia 23 de abril começa a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e vai até dia 1º de junho, tendo o dia 12 de maio como o Dia “D” de mobilização nacional. A 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tenta reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções trazidas pelo vírus da influenza. Ainda de acordo com a Sesab, a meta é vacinar 90% do público alvo, formado por 3,6 milhões pessoas dos grupos prioritários: No ano passado, foram vacinadas 2,6 milhões de pessoas na Bahia, o que representou 84,60% da cobertura vacinal, considerando a estimativa populacional de três milhões de pessoas. Dos 417 municípios, apenas 172 alcançaram a meta de vacinar 90%.

Sobre Redação MBQ NEWS - AB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *