quarta-feira , 15 de agosto de 2018
Home / Destaque / Temer diz que não autorizou Loures a falar em seu nome
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Temer diz que não autorizou Loures a falar em seu nome

Em resposta a 50 perguntas da Polícia Federal, o presidente Michel Temer (MDB) negou ter participado de irregularidade na edição de decreto que beneficiou empresas do setor portuário. O emedebista afirmou também que não autorizou o ex-assessor Rodrigo Rocha Loures a usar seu nome para receber dinheiro ou negociar com empresários. Loures foi flagrado no ano passado correndo com uma mala de dinheiro entregue por um executivo da JBS. O documento, editado em maio de 2017, ampliou o período dos contratos de concessão na área de portos. O presidente disse que não teve influência sobre o processo, não acompanhou a tramitação nem determinou que Loures o fizesse. Ele é investigado, a pedido de Rodrigo Janot, ex-procurador- geral, sob suspeita dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. A investigação tem como base documentos apreendidos na Operação Patmos e interceptações telefônicas de Loures. Em uma das ligações, Temer deu informações ao ex-assessor sobre o decreto dos portos.

Sobre Redação MBQ NEWS - AB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *