quinta-feira , 21 de junho de 2018
Home / Destaque / Tribunal nega recurso da União, e posse de Cristiane Brasil é suspensa
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Tribunal nega recurso da União, e posse de Cristiane Brasil é suspensa

O vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região Guilherme Couto de Castro manteve na terça-feira (9) a decisão que suspende a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. O juiz negou o recurso da AGU (Advocacia-Geral da União), que tentava derrubar a liminar para realizar a posse da deputada. O vice-presidente decidiu o caso após o presidente do TRF-2 André Fontes se declarar suspeito no caso “por motivos de foro íntimo”. A ação foi movida por três advogados que fazem parte de um grupo que protocolou ações populares em diferentes varas da Justiça Federal do Rio com o objetivo de impedir a posse da deputada. Eles questionam o fato de a futura ministra ter sido condenada por desrespeitar direitos trabalhistas, tema da pasta. Na terça-feira, o entorno do presidente chegou a recomendar que cogite indicar um outro nome para o cargo caso novas suspensões sejam concedidas, evitando, assim, criar um desgaste à imagem do governo. Para evitar uma saia justa com o PTB, contudo, ele preferiu manter a nomeação da ministra. A indicação foi um reconhecimento do presidente ao pai dela, Roberto Jefferson, que atuou diretamente para que o PTB fechasse questão em apoio à reforma da Previdência. Advocacia-Geral da União (AGU) informou na terça-feira (9) que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão da decisão liminar que impede a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como Ministra do Trabalho.

Sobre Redação MBQ NEWS - AB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *