segunda-feira , 22 de outubro de 2018
Home / Destaque / Votar Previdência em fevereiro será difícil, diz presidente da Câmara em exercício
Foto divulgação: Google
Foto divulgação: Google

Votar Previdência em fevereiro será difícil, diz presidente da Câmara em exercício

O Presidente da Câmara em exercício, o deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) disse na quarta-feira (17) que o governo não tem os votos para aprovar a reforma da Previdência e que será muito difícil votar a proposta até fevereiro deste ano. “Pelas conversas que estou tendo acho muito difícil. Avançou muito pouco até agora”, disse Ramalho, que defende ainda uma discussão da Previdência durante todo este ano para ser votada em 2019. “A discussão não está madura. É uma discussão para todos os candidatos (a presidente)”, afirmou. Segundo declarações do ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo), porém, não há “a mínima cogitação” de adiar a votação da reforma da Previdência para depois de fevereiro, disse ele na terça-feira.

Sobre Redação MBQ NEWS - AB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *